CORINGA: MAIS UMA VEZ A DC COMICS OUSA E INOVA NO CINEMA


O QUE O CORINGA
DE JOAQUIM PHOENIX SIGNIFICA PARA OS FILMES DE SUPER-HERÓIS?




Joker-coringa-dc-comics-black-label



Quando os rumores sobre um possível filme solo do Palhaço do Crime da DC Comics começaram a circular pelos sites de notícias, uma atmosfera de insegurança e medo tomou conta dos fãs dos quadrinhos. Como seria possível um filme solo de um vilão que é tão ligado ao seu principal adversário, e ainda mais se tratando de um universo cinematográfico compartilhado que não andava muito bem das pernas, e como senão bastasse, o mesmo personagem já havia sido interpretado recentemente nos cinemas, e de forma muito controvérsia. Pois é, parecia que aqueles rumores não passavam de “fake News”, que com certeza nunca sairiam do papel; porém desses boatos até os dias de hoje, se passaram cerca de dois anos, e de lá para cá, tudo mudou!

O projeto visto com muita desconfiança por críticos e fãs, hoje é uma das produções mais aguardadas do ano, e que pleiteia até uma vaguinha na lista de melhores filmes do Oscar. Esse é o Joker, ou no bom português, o Coringa.



Joker-coringa-dc-comics-black-label


Dirigido por Todd Philips(Se beber, não case!), Coringa chega aos cinemas no próximo mês de outubro, e promete desconstruir o gênero de personagens coloridos e cartunescos das histórias em quadrinhos que tanto nos enchem os olhos. O filme irá lançar um novo olhar sob um dos maiores vilões de todos os tempos, o Coringa.

Em uma trama totalmente original, que apesar de trazer referências da banda desenhada, trará uma nova abordagem do Palhaço do Crime, com origens e personagens totalmente inéditos.
Antes de se tornar o maior agente do caos de Gotham City, e antes mesmo do Batman começar a pular pelos telhados da cidade, o Coringa era Arthur Fleck, um homem apegado a sua mãe, e que seguindo os conselhos da mesma, vivia para colocar um sorriso no rosto de todas as pessoas. Porém, a vida do aspirante a humorista vira de cabeça para baixo, após uma sequência de eventos ruins que o transtornam de uma forma irremediável, o deixando cair em um abismo de insanidade, e deixando Arthur à beira de cometer atos extremamente violentos e que ele jamais pensaria em cometer a apenas um dia atrás.

Vivemos em uma época maravilhosa para ser fã dos quadrinhos de super-heróis, com mais e mais produções chegando à rodo nos cinemas todos os anos, e levando enxurradas de fãs para as poltronas, sedentos para ver seus personagens favoritos saírem das páginas e brilharem em um espaço que nunca foi tão deles como agora.

Entretanto, com tantos lançamentos fica praticamente impossível o subgênero não se desgastar com o tempo, caindo nos mesmos clichês e entregando a mesma história já recontada várias e várias vezes.
Em meio a esse bolo, produções como Logan, Deadpool e Vidro merecem ser muito exaltadas pela coragem e originalidade que trouxeram a um mundo onde parece ser pecado ousar. Ao invés das capas e atitudes heroicas dos super-heróis, esses filmes mostraram o quão humanos eles podem ser, e mesmo com poderes extraordinários, acabarem batendo de frente com a principal fraqueza(e principal força) que eles poderiam ter, a sua humanidade.

Coringa é um filme que promete seguir a trilha deixada por essas produções, mas dessa vez mostrar um ponto de vista de um vilão. Um homem comum, carinhoso e sonhador, que se transforma na contraparte de tudo isso; trocando a distribuição de sorrisos, pelo pânico e a anarquia.
O roteiro de Scott Silver, em parceria com o próprio diretor Todd Philips deve explorar e muito as raízes da loucura do Coringa e sua sede pela destruição, mas antes disso, fazer com que o personagem nos cative, mostrando que ele tentou sim, ir pelo lado certo, mas em Gotham parece que a tendência é que os grandes homens caiam perante o efeito da violência que perpetua pela metrópole.

A ausência de esperança, o medo que envolve os pais de família, o frio das ruas, o cheiro do sangue secando, tudo isso somado é o odor que mais agrada aos poderosos e corruptos comandantes da cidade, que querem justamente uma atmosfera de descrença para encherem seus bolsos, as custas de cada bom coração que caminha pelas ruas de Gotham City. E ainda sem um Batman para proteger os cidadãos, o caos se torna algo nunca antes retratado no cinema. Uma Gotham onde a saída encontrada pelo protagonista não é a crença na justiça; e sim, a descrença no sistema.; o "desacreditar" personificado em carne, osso e loucura.



Joker-coringa-dc-comics-black-label


Joaquim Phoenix foi o nome escolhido para interpretar esta versão mais urbana e humanizada do Coringa. O peso que o premiado ator carrega nos ombros é gigantesco, mas se existe um ator atualmente que pode carregar este peso, é justamente Phoenix.
Com uma filmografia de dar inveja, com sucessos como Gladiador, Ela e O Mestre; Joaquim tem experiência, vontade de aprender, e um enorme talento. O ator já ousou em vários de seus papéis, mas não se tornou refém de nenhum deles, e sabe como ninguém a responsabilidade que o nome do Coringa trás; sendo certamente um divisor de águas na carreira de todos que o interpretaram, seja para o bem ou para o mal.

Assim que lançados na internet, ambos  os trailers do longa causaram um enorme alvoroço, trazendo referências a grandes clássicos da violência urbana como Taxi Driver e O Rei da Comédia. Um tom de Scorsese é facilmente encontrado na fotografia fria das ruas de Gotham, ou até mesmo em uma simples troca de olhares em um pub. A abordagem perfeita para uma versão mais crua da personalidade do Palhaço do Crime.


As interpretações do Coringa no cinema sempre são carregadas de momentos icônicos, como a atuação mafiosa e muito fiel ao material original de Jack Nicholson, no Batman de Tim Burton; ou para a atuação memorável de Heath Ledger no Cavaleiro das Trevas de Nolan, ou até mesmo o Coringa estilo gangster de Jared Leto no Esquadrão Suicida de David Ayer.

Todas estas interpretações tornaram-se épicas e trouxeram muita originalidade e sentimentos diferentes a cada vez que cada ator entrava em cena.
Curiosamente, todas estas produções citadas levaram ao menos uma estatueta do Oscar para casa, seja para o próprio ator que fez o Palhaço, como Heath Ledger e seu Oscar Póstumo, ou para categorias técnicas de cada produção. Somente com isso, já vemos que quando se trata de cinema o Coringa é pé quente!

Agora é com a dobradinha Matt Reeves e Joaquim Phoenix, a responsabilidade de levar novamente o nome do Coringa para as grandes premiações, fazendo história entre fãs e críticos, como uma produção autêntica, original, e que acima de tudo, entregue tudo o que telespectador deseja receber de um filme.

Ocorrem boatos de que o enredo da trama mostrará uma forte relação entre Arthur e a família Wayne. Pode parecer loucura, mas quando se trata de um filme solo do Coringa, loucura pouca é bobagem!
Entretanto, esse boato só será posto a prova em outubro; até lá, o que nos resta é aguardar com muita ansiedade este longa que promete ser um marco na história não só do Coringa, como de todo o cinema; trazendo personagens inquebráveis para o mundo caótico em que vivemos, retratando até que limites um ser humano pode cruzar, com apenas um dia ruim.



Joker-coringa-dc-comics-black-label


Em uma era onde os filmes de super-heróis são cada vez mais repetitivos e padronizados, justamente um vilão pode ser a figura que irá desconstruir o gênero e mostrar que cinema é muito mais do que fórmulas exatas e universos que se conectam. O cinema é emoção, é ousadia e é arte; e para apreciá-lo basta apenas colocar um sorriso nessa cara!


Coringa chega aos cinemas dia 03 de outubro de 2019, e conta com a direção de Todd Philips. Esta produção não se passará no mesmo universo de filmes compartilhados da DC Comics, como Aquaman e Shazam; mas sim em um selo alternativo. Como dito, Joaquim Phoenix será  Arthur Fleck(Coringa), e o filme também contará em seu elenco com grandes nomes como: Robert De Niro, Zazie Beetz e Marc Maron.



5 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigado brother!!!
      Forte abraço!

      Excluir
    2. O blog é muito bom, só precisa de um layout melhor, quiser posso tentar ajudar.

      Excluir
    3. Pronto, coloquei aqui para ser notificado agora, se me responder.

      Excluir
    4. Oi brother!! Pode me contatar no meu email danieldosans@hotmail.com
      Lá eu te passo certinho meus contatos.
      Obrigadao pelo feedback!

      Excluir