POR QUE O FILME DO FLASH PODE SER ÉPICO PARA A DC COMICS?



#FLASHPOINT
DE NOVO BARRY?


dc-comics-justice-league-flash-statue-prime1-studio-geek-resenhas


Após três diretores terem saído do projeto, parece que finalmente o filme solo do Flash sairá do papel. E será pelas mãos talentosas do diretor Andy Muschiaetti, responsável pelos dois filmes recentes da franquia It: A Coisa.
Andy contará com o roteiro de Christina Hodson, escritora que trabalhou no texto de Bumblebbe, derivado da franquia Transformers.
O longa do Velocista Escarlate contará com o retorno do astro Ezra Miller, no papel principal de Barry Allen; além disso, Ray Fischer também retorna como Cyborg, papel que o mesmo interpretou na Liga da Justiça, em 2017.

O Flash é um dos primeiros super-heróis da editora DC Comics, e desde o começo da iniciativa de criar uma teia de filmes interligados, esteve no radar da produtora Warner, para atrair uma grande parcela dos fãs ao cinema. Com uma série de TV de grande sucesso, o Flash também já apareceu em outras mídias, como jogos de videogame e filmes animados.
O filme do Flash promete vir repleto de ação e com muitas cenas divertidas, e indo além, segundo alguns rumores, ele trará algo ainda mais interessante para os fãs do Universo DC, o conceito do Multiverso.


A história do Multiverso por Grant Morrison – Central HQs Central HQs


O Multiverso, é presença constante nos quadrinhos da DC Comics, e cada vez mais integra os universos de séries e filmes da editora. O conceito parte da premissa, em que nosso planeta Terra é apenas um, entre tantas outras Terras espalhadas pelo Multiverso; como uma espécie de linhas paralelas, com galáxias inteiras confinadas dentro dessas linhas. E velocistas, como o Flash conseguem romper tão rápido as barreiras da velocidade e do som, que conseguem vibrar essas linhas paralelas, criando portais entre estas infinitas Terras; podendo assim, transitar entre mundos inteiros, que são ao mesmo tempo completamente iguais e diferentes ao nosso. Como uma Terra, onde Batman, Superman e Mulher Maravilha são vilões, e Lex Luthor é o mocinho. Ou até mesmo uma Terra onde os nazistas ganharam a Segunda Guerra Mundial; entre tantas outras realidades possíveis(e impossíveis).

Claro que rumores sempre devem ser tratados como rumores; ainda mais quando o assunto são os filmes da DC Comics, que sempre são cercados de boatos, fake News e mais tudo o que os tabloides puderem inventar! Entretanto, há vezes em que eles acertam, ou como diria, um certo filme, às vezes, “o poço manda algo de volta”, e temos notícias de arrepiar qualquer DCnauta; e a mais nova da vez, é uma possível negociação entre Warner Bros e a lenda Michael Keaton!


O que o retorno do Batman de Michael Keaton significa para o DCEU


Jeffrey Dean Morgan está em negociações iniciais para viver o ...


Sim, o homem que vestiu o manto do Batman em duas produções(Batman/1989 e Batman Returns/1992), pode estar prestes a voltar à colocar o capuz. E ao que tudo indica, às múltiplas realidades e Terras paralelas criadas e visitadas por Barry Allen podem não só trazer de volta o morcegão de Michael Keaton em uma espécie de Batman do Futuro, mas também ninguém menos que Jeffrey Dean Morgan, como Thomas Wayne, o Batman da linha do tempo Flashpoint.

Flashpoint é uma saga dos quadrinhos, na qual Barry volta no tempo para salvar a vida de sua mãe, e após completar sua missão, desencadeia um efeito borboleta de enorme proporção, com direito a ir para uma realidade onde Atlantis e Amazonas travam uma luta capaz de destruir o nosso planeta, e o Batman é representado pela figura de Thomas Wayne, o pai de Bruce, que aqui, fora morto aos oito anos de idade durante um assalto.

Quando falamos de “força da aceleração”, as possibilidade de criações de linhas temporais são infinitas; e com um roteiro que explore o melhor do poder que o Flash exerce sob essa Força, pode nos render momentos tão marcantes como os que vimos em Crise nas infinitas Terras, crossover das séries do Arrowverso, que reuniu versões de outras séries de personagens da DC Comics, como vimos nas participações especiais do Superman de Tom Welling(Smallville) e o Lúcifer de Tom Ellis.

Agora vamos imaginar as possibilidades quando o assunto é a DC nos cinemas. Além do retorno de Michael Keaton como Batman, e a aparição de Jeffrey como o Batman Flashpoint(pois em Batman vs. Superman, é justamente Jeffrey que faz o papel de Thomas Wayne), podemos ter a presença de praticamente qualquer membro do universo DC nos cinemas durante toda a sua história; desde a Mulher Maravilha de Gal Gadot ao Constantine de Keanu Reeves, do Aquaman de Jason Momoa aos personagens de Watchmen, de Zack Snyder; ou até mesmo o Batman do Ben Affleck encontrando o Batman de Robert Pattinson.
Infinitas Terras e combinações que podem surgir de uma simples “corrida matinal” de nosso querido Barry!


Ezra Miller, o Flash do cinema, aparece enforcando fã em vídeo ...


De certo no momento, é que Flash, tem estreia programada para junho de 2022, com o retorno de Ezra Miller ao papel do velocista. Além disso, Ray Fischer retornará como Cyborg. O longa terá a direção de Andy Muschiaetti.


Nenhum comentário:

Postar um comentário