OS MELHORES QUADRINHOS COM DARKSEID(DC COMICS)


#TOP5
DARKSEID IS!

Darkseid-dc-comics-geek-resenhas

Criado pelo mestre Jack Kirby, o vilão Darkseid é um dos personagens mais queridos de todo o universo DC Comics.

Sendo o comandante de Apokolips, um planeta em constante guerra e tirania, Darkseid nasceu como Uxas, um dos herdeiros do trono de Apokolips, mas que deveria esperar o término do reinado de seu irmão, Drax, para poder assumir o trono. É claro que como todo bom vilão dos quadrinhos, ele não tem a menor paciência para esperar, e arquiteta um plano para causar a morte de seu irmão, e assim assumir o controle de todo o seu planeta. Após a morte de Drax, Uxas consegue acesso a força Ômega, um poder existente no núcleo de Apokolips, e que concede ao seu portador, força e resistência acima de qualquer mero mortal, sem contar com o bônus dos raios Ômega, disparos ópticos que podem seguir qualquer direção, e não somente para frente, como os raios do Superman por exemplo.
Darkseid é a grande pedra no sapato da Liga da Justiça, e em diversas oportunidades atacou a Terra, a fim de conquistar nosso planeta, e subjugar toda a humanidade, assim como fez em centenas de outros setores do Multiverso DC.

Outra obsessão do tirano é a Equação AntiVida, uma fórmula que ao ser descoberta, pode colocar fim ao livre-arbítrio universal, e óbvio, que um Deus da Tirania como nosso querido Darkseid, tem uma paixão eterna por essa forma de controle absoluto e que o tornaria invencível para todo o sempre!
Recentemente, na aclamada Liga da Justiça de Zack Snyder, o Snyder Cut, fomos apresentados brevemente ao tirano de Apokolips, e a sua tão procurada Equação AntiVida. Descobrimos que a fórmula para encontrar a Equação está na Terra, o que motivaria o vilão a vir para o nosso planeta em uma possível continuação do longa.

Hoje resolvemos reunir uma lista com os melhores materiais de Darkseid nas histórias em quadrinhos para nos aprofundarmos ainda mais na mitologia deste personagem tão carismático!
 

 

O INÍCIO DE TUDO
Darkseid-dc-comics-geek-resenhas


Criado em 1970, pelo Rei dos Quadrinhos, Jack Kirby; o Quarto Mundo foi um conceito que começou tímido nas páginas das hq’s, sendo até mesmo, esnobado na época por boa parte dos leitores, mas com o tempo foi ganhando um peso maior, e se tornou uma daquelas histórias que ficam melhor a cada leitura.
É no Quarto Mundo que Darkseid reside. Governando seu planeta em uma incessante guerra contra Nova Gênese, um planeta de benevolência e comandado pelo Pai Celestial.
Outros personagens como Desaad, Vovó Bondade, Senhor Milagre e tantos outros também são fruto da passagem de Kirby pela DC Comics. Sem dúvidas, um mestre no que fazia!

 
A FASE GEOFF JOHNS


Tudo que Johns toca nos quadrinhos vira ouro. Lanterna Verde, Flash, Aquaman, Superman e Batman já receberam os roteiros deste fenômeno. E era questão de tempo até ele assumir a maior equipe de super-heróis da editora. E curiosamente aqui está uma das críticas mais negativas da biografia de Geoff Johns.
Muitos consideram seu trabalho na Liga da Justiça como mediano, e sem tanta personalidade. Porém, para sermos justos, se o trabalho de Johns não é o melhor da história da DC Comics, ele é sim, um bom trabalho; com o núcleo de vilões sendo trabalhado de forma satisfatória, e com grandes sagas como O Trono de Atlântida e Guerra de Darkseid.
Infelizmente ele peca muito na origem apressada da equipe em Liga da Justiça: Origem, primeira saga da equipe sob a tutela de Geoff, e que serviu de base para o roteiro de Liga da Justiça, lançada nos cinemas em 2017.
O arco de Johns na Liga se encerra com uma grande guerra envolvendo os heróis, o Anti-Monitor, e claro, Darkseid.
 

 
SENHOR MILAGRE
Darkseid-dc-comics-geek-resenhas


Considerado um dos melhores trabalhos do século, Senhor Milagre, escrito por Tom King, é uma Hq que explora de forma inteligente toda a representação da depressão(aqui personificada por Darkseid).
Repleta de analogias e momentos emocionantes envolvendo o personagem-título, King soube produzir uma obra original, mas que respeita e bebe muito da fonte que Jack Kirby criou nos anos 70; reintroduzindo personagens clássicos, e apresentando várias facetas da vida de Scott Free, mostrando que a vida é muito mais profunda do que podemos enxergar; e tendo superpoderes ou não, todos nós podemos ser heróis de nossas vidas.


 
ODISSÉIA CÓSMICA
Darkseid-dc-comics-geek-resenhas


Neste trabalho de Jim Starling, Darkseid é forçado a trabalhar junto com a Liga da Justiça, para dar cabo de uma ameaça que pode destruir tanto a Terrra, como Apokolips.
Cabe a Liga da Justiça unir forças com seu eterno inimigo e controlar a ameaça da Entidade AntiVida.
Esta saga é lembrada com muito carinho pelos fãs mais antigos da DC Comics, mas carece de uma importância maior como um todo, afinal ela é sim um grande trabalho de Starling, e possui uma bela arte de Mike Mignola. Uma obra indispensável para qualquer fã da Liga, e mais ainda, de Darkseid!
 
 

CRISE FINAL


Um dos trabalhos mais controversos do gênio Grant Morrison, aqui ele resolve colocar na mesma cesta, todos os conceitos apresentados pela DC Comics nas décadas anteriores, inclusive a criação dos Novos Deuses, e os eventos relacionados à Crise nas Infinitas Terras.
Morrison é um exímio roteirista, mas aqui acaba tropeçando nas próprias pernas, e pode confundir os leitores com tantas informações e idas e vindas no enredo. Sem contar o desfecho do Batman, criticado por muitos.
Darkseid é o grande vilão desta saga, e pela primeira vez, aparece como o grande vilão de uma Crise, enfim utilizando todo o poder da Equação AntiVida.
Cabe ao tirano invadir a Terra, a fim de dar cabo da Liga da Justiça, e instaurar sua imagem como o grande conquistador do Universo!
 

 
BÔNUS: CRISE NAS INFINITAS TERRAS 


Como praticamente todos os personagens do universo DC Comics, Darkseid também marca presença em Crise nas Infinitas Terras. A primeira mega saga dos quadrinhos, e que colocou todo o Multiverso DC a perigo, com a ameaça da matéria escura do Anti-Monitor.
Aqui, Darkseid não aparece como o maior vilão da trama, até mesmo trabalhando com os mocinhos em certo momento, mas pela importância que a saga tem para toda a história dos quadrinhos, vale a pena o registro dela na lista.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário